11 5671-9100
Telefone: 11 5671-9100 E-mail: vendas@prolab.com.br Facebook

Como é feito o preparo e esterilização de meios de cultura?

Publicado em: 11/12/2014

Meios de cultura são preparações químicas que têm como principal objetivo servir como base para multiplicação de microrganismos para análises laboratoriais ou estudos científicos, e conta com todos os nutrientes que são exigidos para tal fim.

meio de cultura

flickr.com / Albaraa Mehdar Os meios de cultura são preparações químicas que têm como principal objetivo servir como base para multiplicação de microrganismos para análises laboratoriais ou estudos científicos.

Para que o crescimento do meio de cultura seja eficiente, são necessários alguns cuidados durante seu preparo e esterilização. Isso porque são necessárias condições perfeitas para simular um ambiente natural para proliferação de microrganismos.

Preparos de meios de cultura

Na prática, existem duas formas básicas de preparar um meio de cultura: por meio da pesagem e separação sucessiva de cada um dos compostos que serão analisados, e a partir de soluções mães previamente preparadas e armazenadas. Não existe uma regra fixa para a preparação dessas soluções mães, e cada laboratório pode desenvolver um protocolo próprio, de acordo com sua preferência e tipo de meio de cultura utilizado.

Esterilização de meios de cultura

Como se trata de um trabalho de muita precisão, a esterilização de meios de cultura é fundamental dentro de todo o processo. O principal objetivo é remover totalmente a capacidade reprodutiva de todos microrganismos indesejáveis para uma determinada análise, deixando o meio de cultura propício somente para o objeto de estudo.

A esterilização de um meio de cultura pode ser realizada aplicando-se calor úmido ou calor seco, irradiação a partir de raios gama ou raios-X, ou utilizando-se de determinados compostos químicos em conjunto com soluções vaporizadas ou por filtração. No caso de esterilização por calor úmido, o processo envolve a desnaturação e coagulação de proteínas e enzimas, assim como a fusão lipídica da membrana celular. Por calor seco, a esterilização ocorre por oxidação quando o meio de cultura é exposto a altas temperaturas.

Últimas Notícias

Desenvolvido por: AO5 Marketing Digital