11 5671-9100
Telefone: 11 5671-9100 E-mail: vendas@prolab.com.br Facebook

Conheça as características da lâmina de vidro para microscópio e sua importância no laboratório

Publicado em: 16/01/2019
lâminas para microscópio

iStock / Getty Images Plus / brunorbs A lâmina de vidro é uma peça transparente e retangular que serve como suporte para a amostra biológica que será analisada em microscópio.

A lâmina de vidro é para microscópio é uma estrutura utilizada para a visualização de estruturas minúsculas de pequenas amostras de materiais. Esta é uma peça transparente e retangular, de dimensões e estruturas que podem variar de acordo com sua aplicação, que serve como suporte para a preparação da amostra biológica a ser analisada, permitindo a realização de técnicas como coloração e esfregaço.

As amostras biológicas que passarão por análise laboratorial microscópica são colocadas sobre uma lâmina de vidro, responsável por garantir a integridade do espécime e seu armazenamento. Esta peça é posicionada sobre a platina, uma estrutura do aparelho que serve justamente para posicionar a lâmina e melhorar o foco de visualização (leia este post para entender melhor as funções das diferentes partes que compõem o microscópio).

Em geral, a lâmina é usada em conjunto com a lamínula — uma versão reduzida da lâmina de vidro e que é aplicada sobre a amostra, cobrindo-a e mantendo-a protegida. Com a lamínula, que serve como uma barreira entre a lente do microscópio e o material biológico, a amostra fica achatada e plana, o que facilita a visualização em processos de coloração.

Principais características da lâmina de vidro

Como já foi citado, as dimensões das lâminas de vidro para microscópio podem variar de acordo com a necessidade de cada laboratório ou até mesmo entre diferentes tipos de análises. De forma geral, as dimensões das lâminas de vidro têm uma variação predeterminada, que vai de 15×40 mm até 50×76 mm, embora tamanhos maiores possam ser adquiridos para trabalhos específicos.

Esta peça pode ter uma ou as extremidades foscas, permitindo que o profissional responsável pela análise faça anotações ou rotule a amostras. No entanto, quando o trabalho ou a análise não exige uma transparência da lâmina de vidro, é possível que esta peça tenha uma de suas superfícies completamente fosca, oferecendo um melhor contraste.

As bordas das lâminas de vidro também podem ter algumas diferenças, sendo apresentadas com os cantos lapidados para tornar seu uso mais seguro e evitar acidentes relacionados a cortes ou até mesmo encontrões inesperados com a borda. Em outros casos, a lâmina pode ser escavada, apresentando uma pequena profundidade que retém uma quantidade de amostra.

Seja qual for sua necessidade, a Prolab oferece diferentes modelos de lâminas e lamínulas para microscopia, em opções que incluem vidros lisos, foscos, circulares, quadrados e retangulares, todos em diferentes espessuras. Entre em contato para saber melhor sobre cada modelo e solicite um orçamento para seu laboratório!

Últimas Notícias

Desenvolvido por: AO5 Marketing Digital