11 5671-9100
Telefone: 11 5671-9100 E-mail: vendas@prolab.com.br Facebook

Entenda a importância do chuveiro de emergência no laboratório

Publicado em: 11/06/2014

Tenha gravado na mente que os melhores itens de segurança são aqueles que enfrentam com facilidade os maiores fatores de riscos. O setor de segurança responsável pelos colaboradores deve avaliar os riscos decorrentes de operação, compreender as habilidades e conhecimentos das pessoas que executam o trabalho, estudar experiências industriais, históricos e similares. Uma abordagem multidisciplinar ajuda a assegurar que os riscos de um número de diferentes fontes sejam avaliados com cautela e materiais que asseguram proteção sejam instalados no ambiente de trabalho.

Um bom exemplo disso é o chuveiro de emergência, que fornece rapidamente a descontaminação e permite que os trabalhadores possam se lavar de substâncias perigosas e que podem causar ferimentos. Lembre-se que os primeiros 10 segundos após a exposição a uma substância potencialmente perigosa, como a corrosiva, por exemplo, são críticos. Não retarde o tratamento, pois as consequências podem ser graves e até mesmo levar à morte.

Chuveiro de emergência em laboratórios

© Depositphotos.com / EyeMark O chuveiro de emergência vai minimizar os efeitos da exposição a produtos químicos quando acontece um incidente.

Exposições químicas podem ocorrer mesmo que o laboratório siga normas rígidas e se preocupe com a segurança de todos os envolvidos. Além da utilização de equipamentos de proteção individual (EPI) como avental, viseira, óculos de proteção e outros, o chuveiro de segurança é algo que vai minimizar os efeitos da exposição a produtos químicos quando acontece um incidente.

Eles também são bons aliados na extinção de incêndios, porém são mais indicados para lavar roupas infectadas por contaminantes. Basicamente, eles deverão estar localizados próximos às áreas onde ocorram armazenagem ou manipulação de produtos químicos perigosos e considerados de alto risco à saúde humana. Talvez você não saiba, mas os ácidos em geral só reagem na presença de água e o nosso corpo consiste em 70% de água, o que pode levar a queimaduras de até 3º grau quando não tratadas em tempo.

Seja ácido ou não, o colaborador atingido por material infectante precisará utilizar o chuveiro de emergência por, no mínimo, 15 minutos, até que o ácido reaja com a água do chuveiro ao invés da água do corpo do trabalhador acidentado. Ao manipular produtos perigosos, concentre-se no que esteja fazendo e jamais inicie o procedimento sem o uso de equipamentos de proteção individual.

Últimas Notícias

Desenvolvido por: AO5 Marketing Digital