11 5671-9100
Telefone: 11 5671-9100 E-mail: vendas@prolab.com.br Facebook

Equipamento de proteção coletiva em laboratório: equipamentos essenciais

Publicado em: 16/06/2014

Antes de qualquer coisa, precisamos ter em mente que a responsabilidade coletiva é um conceito que todos os colaboradores de um laboratório precisam respeitar, independente dos tipos de produtos manipulados no mesmo. Normalmente, este tipo de responsabilidade não incide sobre o grau de participação que cada membro contribui para o esforço global ou a posição de cada pessoa dentro da estrutura do próprio grupo. Essencialmente, a ideia sustenta o fato de que todos os participantes do grupo são igualmente responsáveis pelo uso dos equipamentos de proteção coletiva, quando necessário.

Independente de qualquer coisa, os profissionais que atuam neste tipo de local não podem abrir mão da utilização dos equipamentos de proteção individual (EPIs), já que os mesmos tornarão os processos mais seguros e não permitirão que pequenos acidentes possam causar grandes sequelas ou até mesmo a morte do profissional.

© Depositphotos.com / alexraths É essencial que haja consciência coletiva de que os equipamentos de proteção salvam vidas.

Veja aqui quais são os tipos mais comuns de equipamentos de proteção coletiva em laboratórios:

  • Capela;
  • Coletores de resíduos;
  • Chuveiro de emergência;
  • Extintores de incêndio;
  • Lava-olhos;
  • Saída de emergência.

Saiba que não existe algo mais importante, até porque todos os modelos citados acima podem salvar sua vida e de toda a equipe que trabalha no laboratório. Os extintores de incêndio vão ajudar a exterminar o fogo ou mesmo fazer com que as labaredas não se espalhem.

flickr.com / arthit O uso combinado de saídas regulares e de emergência permite a evacuação rápida em caso de acidente.

As saídas de emergência vão funcionar como uma rota alternativa, uma vez que a porta principal possa estar emperrada e, desta forma, todos poderão sair do ambiente que apresenta perigo com segurança. Os coletores de resíduos ajudarão os trabalhadores a separar o que deverá ser descartado, respeitando normas internas e as regras que minimizam os impactos ao meio ambiente.

Os chuveiros de emergência vão proteger os indivíduos do contato da pele com produtos químicos, por isso, quando acontecer o incidente, a pessoa deverá procurar esse artigo nos primeiros 10 segundos, já que, assim, não haverá tempo hábil para machucar a pele. Já os lava-olhos, como o próprio nome diz, serve para proteger a visão.

A capela em um laboratório nada mais é do que um local específico onde as pessoas podem manusear produtos químicos altamente perigosos com segurança. Por fim, ela conta com sistemas de exaustão, evitando que produtos inflamáveis causem horríveis acidentes.

Últimas Notícias

Desenvolvido por: AO5 Marketing Digital