11 5671-9100
Telefone: 11 5671-9100 E-mail: vendas@prolab.com.br Facebook

Funcionamento e componentes do espectrofotômetro

Publicado em: 28/07/2014

Amplamente utilizado em laboratórios de todo o mundo, o espectrofotômetro é um aparelho que mede e compara a quantidade de luz absorvida por uma solução. Desse modo, o dispositivo identifica e determina a concentração de substâncias que realizam a absorção de energia radiante.

flickr.com / biotecnofil O espectrofotômetro mede e compara a quantidade de luz absorvida por uma solução.

Por sua vasta funcionalidade e eficiência, o espectrofotômetro é utilizado em muitas áreas, especialmente na química, física, biologia molecular e bioquímica.

Ainda que possam existir algumas variações, de acordo com as especificações de cada equipamento e fabricante, o espectrofotômetro é composto por:

– Fonte estável de energia radiante, sendo, na maioria das vezes, uma lâmpada incandescente;

– Seletor de faixa espectral, responsável por selecionar o comprimento da onda de luz que passa por meio da solução;

– Recipiente em que a amostra sob análise deve ser colocada;

– Detector de radiação, cuja função é permitir uma medida relativa da luz e sua intensidade.

A espectrofotometria possibilita, portanto, a passagem de um feixe de luz através de uma amostra e, por meio deste processo, realiza a medição exata da intensidade da luz a atingir o detector. 

Últimas Notícias

Desenvolvido por: AO5 Marketing Digital