11 5671-9100
Telefone: 11 5671-9100 E-mail: vendas@prolab.com.br Facebook

Saiba como é o funcionamento do pHmetro

Publicado em: 23/07/2014

Muito usado em laboratórios, o pHmetro é um medidor de potencial hidrogeniônico (pH), indicando a acidez, neutralidade ou alcalinidade de amostras diversas.

Esse equipamento é composto basicamente por um eletrodo conectado a um potenciômetro, que possibilita a conversão do valor de potencial do eletrodo em unidades de pH. Quando o eletrodo é submerso na amostra, ele produz milivolts que são transformados para uma escala de pH.

Phmetro de Bancada Kasvi

Arquivo Prolab O pHmetro é um medidor de potencial hidrogeniônico que indicando a acidez, neutralidade ou alcalinidade de uma amostras.

O funcionamento do pHmetro depende de sua calibragem, que deve ser feita de acordo com os valores de referência que constam nas soluções de calibração. A frequência com que o pHmetro deve ser calibrado está diretamente relacionada à frequência de medições e à qualidade do equipamento.

Nos casos em que se conta com um aparelho estável e se realizam medições frequentes, não é necessário calibrá-lo todos os dias. Em outros casos, quando as medições não são diárias, o ideal é sempre calibrar o pHmetro antes de sua utilização.

Confira mais alguns fatores que podem influenciar e induzir erros na medição do pHmetro:

  • Potencial de junção: a composição da solução usada na calibração do eletrodo deve ser semelhante à composição iônica presente no meio interno e externo do eletrodo.
  • Sódio: quantidades acima ou abaixo da indicada podem apresentar resultados diferentes do real.
  • Ácido: os mais fortes podem alterar para mais o valor do pH.
  • Hidratação: quando bem hidratado o eletrodo, mais precisos são os resultados
  • Temperatura: a calibração e a medição devem ser feitas na mesma temperatura para que o resultado no pHmetro seja o correto.

Últimas Notícias

Desenvolvido por: AO5 Marketing Digital