11 5671-9100
Telefone: 11 5671-9100 E-mail: vendas@prolab.com.br Facebook

Cuidados básicos na manipulação do nitrogênio líquido

Publicado em: 17/03/2014

Abundante na atmosfera, o nitrogênio é um gás inodoro, incolor, insípido e não tóxico. Em seu estado líquido – atingido a 196° C negativos –, é utilizado em processos de tratamento térmico, no refinamento de petróleo e como criogênico para armazenamento de itens em temperaturas extremamente baixas.

nitrogênio líquido

Flickr.com/USDAgov Por ser inflamável, o nitrogênio líqudio deve ser armazenado em um ambiente seguro, em containers criogênicos.

O principal risco atribuído ao manuseio deste elemento é a sua natureza altamente inflamável. Um exemplo de situação que pode resultar em um acidente, é a combinação do hidrogênio com um oxidante, que forma uma mistura combustível. Por este motivo, deve-se evitar a manipulação deste composto próximo a chamas e outras fontes de ignição e utilizar somente equipamento à prova de explosão e ferramentas à prova de faíscas.

Devido à sua temperatura baixíssima ( – 196°C), quando em contato com a pele, o hidrogênio  líquido pode causar geladura ou vesiculação grave. A geladura consiste em lesões e queimaduras causadas pelo congelamento do tecido. Nestes casos, deve-se lavar a área afetada com água morna – não quente – ou envolvê-la em cobertores.

Apesar de não ser tóxico, em concentrações muito elevadas o hidrogênio é asfixiante. Além disso, é uma substância inodora, o que dificulta a detecção de eventuais vazamentos. Por este motivo, deve ser estocado em uma área bem ventilada.

Outros cuidados com o armazenamento também devem ser tomados para evitar acidentes. O hidrogênio líquido deve ser estocado em containers criogênicos especialmente designados para este fim, em áreas arejadas e afastados do calor e de equipamentos que possam produzir chamas e faíscas, como motores e instalações elétricas. Os cilindros não devem ser estocados com outros elementos inflamáveis ou oxidantes e precisam estar bem presos para evitar a queda.

Últimas Notícias

Desenvolvido por: AO5 Marketing Digital