11 5671-9100
Telefone: 11 5671-9100 E-mail: vendas@prolab.com.br Facebook

Descrição

• PROTEINASE K

• Catálogo nº: 13-76230-01

• Apresentação: 100 mg

• Concentração: 20 – 50 U/mg

• Armazenamento: -20ºC

 

DESCRIÇÃO:

• A Proteinase K é uma serino-protease de elevada atividade enzimática, isolada do fungo Tritirachium album. Apresenta um tamanho molecular de 28,904 KDa.

• Apresenta atividade de clivagem específica em proteínas nativas ou desnaturadas, sendo largamente utilizada na purificação de DNA e RNA.

• A sua atividade é aumentada com a adição de agentes desnaturantes (SDS 1%), Uréia e em temperaturas elevadas (50°C – 60°C).

 

UNIDADE ENZIMÁTICA:

• Cada Unidade da Proteinase K é definida como a quantidade de enzima necessária para liberar aminoácidos e peptídeos (reação de Folin positiva), correspondente a 1 mmol de tirosina utilizando hemoglobina como substrato, em um minuto a 37°C, pH 7,5.

 

RECONSTITUIÇÃO:

• Dissolver em 50 mM Tris-HCl (pH=7,5), 10 mM CaCl2.

Para remoção e inativação de contaminantes protéicos, a concentração de trabalho sugerida é: 50 – 100 µg/mL, e acima de 2 mg/mL para tratamento de tecidos.

• O pó liofilizado pode ser preparado como solução estoque em água na concentração de 20 mg/mL e estocado em -20°C.

• A proteinase K possui atividade de clivagem de amplo espectro que permanece estável dentro de uma ampla margem de temperatura e pH com aumento substancial de sua atividade em elevadas temperaturas.

 

APLICAÇÕES:

• Purificação de DNA genômico,

• Remoção enzimática em preparações de DNA e RNA,

• Preparação de DNA cromossômico para eletroforese de campo pulsado (Pulse Field Electrophoresis).

 

OBS: ESTE PRODUTO É UTILIZADO ESTRITAMENTE EM PESQUISA CIENTÍFICA, NÃO RECOMENDADO PARA O USO EM DIAGNÓSTICO CLÍNICO OU TERAPÊUTICO.

.

Desenvolvido por: AO5 Marketing Digital