11 5671-9100
Telefone: 11 5671-9100 E-mail: vendas@prolab.com.br Facebook

Saiba quais os tipos de tubo de ensaio para coleta de sangue e suas diferenças

Publicado em: 04/07/2018

iStock / Getty Images Plus / denkcreative O tubo de ensaio é utilizado para a realização de diversos trabalhos laboratoriais, entre os quais está a coleta de sangue.

O cotidiano de um laboratório de análises clínicas requer procedimentos ágeis e precisos, que garantam resultados confiáveis sem deixar de assegurar a biossegurança ao profissional encarregado destes processos. Quase todo exame de sangue se dá início com a coleta, etapa em que é necessário fazer o uso de um tubo de ensaio adequado para a operação.

O que é um tubo de ensaio?

O tubo de ensaio é uma das peças mais comuns utilizadas nos laboratórios, caracterizando-se como um recipiente feito de plástico ou vidro que é usado para realizar experiências em pequenos volumes. O equipamento pode ser encontrado em medidas variáveis, sendo que a função do tubo de ensaio pode variar entre diversos trabalhos laboratoriais, entre os quais está a coleta de sangue.

O mercado disponibiliza vários tipos de tubo de ensaio que podem ser utilizados para a coleta de sangue, e cada um possui suas distinções. Isso se dá ao fato de que, para cada tipo de análise sanguínea, a amostra precisa ser coletada em tubos específicos. É imprescindível saber identificá-los para o procedimento correto do exame, de modo a evitar que o sangue colhido seja encaminhado para um procedimento incorreto.

Tipos de tubo de ensaio e suas diferenças

Tampa vermelha: ativador de coágulo

Tubo de ensaio para coleta de sangue que conta com ativador de coágulo em suas paredes, fazendo com que a coagulação da coleta seja acelerada. É usado para prescrição em soro nas áreas de sorologia e bioquímica.

Tampa amarela: ativador de coágulo + gel

Possui ativador de coágulo em suas paredes, fazendo com que a coagulação seja acelerada, além de gel separador para alcance de uma solução de maior qualidade. É usado em rotinas de sorologia, imunologia, bioquímica, marcadores tumorais e cardíacos.

Tampa azul: citrato de sódio

Tubo usado para prova de coagulação em coletas. Concentrações distintas da substância podem gerar efeitos significativos nos exames de TP e TTPa.

Tampa lilás ou roxa: EDTA

Este modelo de tubo de ensaio possui EDTA K2 ou K3 em suas paredes, sendo aproveitados em bancos de sangue. O EDTA nada mais é do que o anticoagulante indicado para rotinas de hematologia, por se tratar do melhor anticoagulante para prevenção da morfologia das células.

Tampa cinza: fluoreto de potássio + EDTA K3

Tubo de ensaio para coleta de sangue usado na quantidade de glicose, hemoglobina glicada e lactato no plasma. O fluoreto de potássio atua como inibidor glicolítico, enquanto o EDTA K3 como um anticoagulante que preserva a morfologia das células.

Tampa verde: heparina de lítio

Tubo usado quando há a necessidade da utilização de plasmas para prescrições bioquímicas. Contam com heparina de lítio em suas paredes. Tais aditivos são coagulantes capazes de ativar as enzimas antiplaquetárias.

Tampa branca: sem aditivo

O tubo de ensaio de tampa branca é usado como recipiente de transporte para coletas, incluindo análises do líquido cefalorraquidiano.

Confira os tubos de ensaio disponibilizados pela Prolab e solicite um orçamento para seu laboratório!

Últimas Notícias

Desenvolvido por: AO5 Marketing Digital