11 5671-9100
Telefone: 11 5671-9100 E-mail: vendas@prolab.com.br Facebook

Saiba quais são os tipos e funções de balanças para laboratório

Publicado em: 03/04/2014

Quando o assunto é balança para laboratório, vários detalhes devem ser levados em conta, pois além de analíticas e sofisticadas, as mesmas devem ser propícias para também serem usadas em outros locais onde a precisão correta é uma obrigação. Analíticas e sofisticadas, elas devem ser adquiridas respeitando seu ramo de atuação, assim como deverão ser fabricadas por uma empresa reconhecida no mercado. Desta forma, você terá certeza de que estará recebendo o máximo de qualidade e recursos para seu orçamento.

Grande parte dos laboratórios prefere utilizar os modelos digitais, embora também seja encontrado no mercado os modelos mecânicos. A balança digital é um dispositivo que mede o peso ou massa de um objeto ou substâncias. Elas podem ser compactas ou não, são duráveis e mais precisas do que outros tipos de escalas, que muitas vezes se desgastam e dão diferentes leituras ao longo do tempo.

Esses tipos de ferramentas requerem uma fonte de energia e são bastante precisas e consistentes, mesmo quando usadas por longos períodos de tempo. As balanças para laboratórios podem ser usadas para muitas finalidades diferentes, que vão desde a medição de ingredientes químicos até medição precisa de remédios ou outros componentes.

balança analitica

As balanças de laboratório garantem maior precisão.

Vale destacar que as balanças fazem suas medições com base em um medidor interno de tensão. A sensibilidade de uma dada escala pode variar de acordo com o propósito para o qual ela é usada. Esses equipamentos que são usados ​​para medir o peso das pessoas – geralmente – não precisam ser extremamente precisos quanto a diferença de alguns gramas. Outro exemplo interessante é o modelo de cozinha, que  muitas vezes são utilizados para medir massas consideravelmente menores, sendo que a diferença de alguns gramas de certos ingredientes poderia danificar irremediavelmente uma refeição que é produzida em larga escala. 

As peças usadas em laboratórios possuem várias configurações, principalmente os modelos utilizados para a química, a física e a pesquisa médica, afinal eles devem ser extremamente precisos. Os problemas podem resultar de imprecisões tão pequenas como a massa de alguns grãos de areia. As reações químicas muitas vezes exigem quantidades precisas de substâncias específicas para executar com êxito sua conclusão.

Veja a seguir os principais modelos usados em laboratórios:

 

Últimas Notícias

Desenvolvido por: AO5 Marketing Digital